Em março de 2017 chegou-nos um pedido de ajuda, que nos deu conta da situação precária da condição humana dos tutores de uma gata que chamaram de Bella. Percebemos que o casal, ambos dependentes do álcool, cuidavam da Bella da maneira que sabiam. Apesar de não concordamos com algumas situações que vimos, como por exemplo ter a gata presa ao poste de cimento e nunca a terem levado ao veterinário, a verdade é que nunca lhe faltaram com alimento e tinham o cuidado de a recolher do frio.

O tempo foi passando, foi providenciada a esterilização da gata, foi doada ração e foi-se aconselhando/ajudando as pessoas a melhorarem as condições diárias de vida (próprias e da Bella).

Um ano depois vem um novo pedido de ajuda, desta vez por parte de uma vizinha idosa deste casal. A situação pessoal dos tutores da Bella deteriorou-se nos últimos meses e, além da agudização do problema de alcoolismo, o casal teve ordem de despejo e não levou a gata consigo. Assim e dado que ninguém na vizinhança se disponibilizou a cuidar da Bella, esta foi recolhida por uma família de acolhimento temporário.

A Bella é um doce, super meiga, adora colo mas é algo medrosa sobretudo quando ouve muito barulho. Precisa de estimulação para brincadeira e está habituada ao ar livre, por isso quem a adotar terá de ter paciência e muito cuidado com janelas.

Apenas será adotada por quem cumprir os requisitos considerados necessários: colocação de microchip e assinatura de termo de responsabilidade. Também está desparasitada.

Se estiver interessado/a pf contacte para geral@causasdecaudas.org

Actualização:

A Bella já foi adoptada.

Bella