Adoptado em Dezembro de 2016

Cali, um macho muito dócil, apareceu em Outubro na colónia da Cátia, num estado de magreza extrema. Rapidamente se percebeu que estava doente, pois a dificuldade em comer era notória.

Foi levado de imediato ao veterinário, que confirmou que o peso estava abaixo do normal, estava desidratado e os seus membros superiores apresentavam larvas de mosca. As ulceras na boca confirmavam o prognostico, calicivirus! Foi acolhido em FAT durante o longo tratamento, a sua boa disposição e apetite apesar das dificuldades em comer, foi fundamental para que recuperasse.

Cali – Adoptado