Não sabemos se foi abandonada ou se veio de boleia num carro que por ali parou. O certo é que não mais saiu do local.
Era Dezembro (2017) e já há uns dias se ouvia um típico miado de gato muito jovem, até que a pequena aventureira foi vista por alguém que não lhe ficou indiferente, no entanto não se deixava apanhar. 
Fomos contactados para ajudar no resgate e avaliar a situação.
Assim o fizemos, capturamos esta pequena Farrusquita.
Poucos minutos depois e já em segurança ronronava ao nosso colo. Os seus pequenos olhos azuis esbugalhados estavam brilhantes como se nos tivesse agradecer.
 
​A Farrusquita foi adoptada em Dezembro de 2017.​
Farrusquita