No decorrer da intervenção CED (Capturar- Esterilizar- Devolver) numa colónia em Ermesinde, foi identificada uma gata cujos olhos apresentavam sintomas de possível constipação.

Neste sentido, aquando da esterilização, o veterinário confirmou a suspeita e receitou antibiótico à Martinha. Para o efeito, a cuidadora da colónia decidiu ser acolhimento temporário para poder medicar adequadamente a Martinha. Com o tempo foi verificando, que após a timidez inicial, a gata é dócil e brincalhona, e por isso já não voltou para a colónia de rua.

Na impossibilidade de se manter definitivamente na família temporária, a Martinha encontra-se disponível para adoção.

Critérios de adoção da Martinha:

  • assinatura do termo de adoção,
  • pagamento do microchip e vacina no valor de 30€.  

Contactos: geral@causasdecaudas.org

Atualização Janeiro 2020

A Martinha já foi adoptada.

Martinha