Apesar de recorrente a nossa intervenção em diversas colónias, muitas delas numerosas, com o objectivo de proceder ao CED (Capturar/Esterilizar/Devolver), gostamos de pensar que cada animal é único e com as suas necessidades. Como exemplo iremos ouvir o testemunho do Petit-Gâteau, o elemento mais jovem da última colónia em que interviemos:

Olá! Eu sou o Petit-Gâteau e sou o novo dos 20 gatos da Colónia da Pena. Não é que tenha baixa auto-estima mas não sei bem o que é que viram em mim que possa levar a crer que alguém me queira adotar. Reparem que a minha cor é indefinida entre o castanho e o preto queimado do sol, com inúmeros pêlos brancos à mistura, quer dizer nem preto eu sou! O meu pêlo não é sedoso, porque estou cheio de feridas por ter sido mordido pelos outros gatos grandes, só tenho orelha e meia e o meu focinho...bem...é mais de morcego do que de gato. Como se não bastasse, tenho mais de 6 meses e continuo com corpo de 4 meses...às tantas sou anão.

Em boa verdade admito que gosto muito de colo e de sol, gosto ainda mais se forem estas duas coisas juntas, como qualquer gato também aprecio bastante comer.

De todo o modo, se acreditar que mesmo com todas estas diferenças, algum bom coração me aceitar num lar e dar-me uma vida cheia de mimo, conforto e cuidados que eu faço por merecer.”

O Petit-Gâteau encontra-se para adopção responsável. Se estiver interessado/a contacte: geral@causasdecaudas.org.

Atualização Outubro 2018

Não faz parte da postura da Causas de Caudas perder tempo de forma inútil e por isso não vamos expor e debater os motivos pelos quais a pessoa que tinha adotado o Petit, decidiu, 7 meses mais tarde, que ele já não poderia fazer parte da família.

Assim, vamos focar-nos naquilo que interessa e o que interessa é encontrar uma família que adote o Petit e que não volte a rejeitá-lo. Não queremos e não podemos voltar a falhar com ele, por isso, demore o tempo que demorar, vamos encontrar alguém que compreenda e aceite o compromisso de estimar o Petit até ao fim dos seus dias.

O Petit parece um gato mais velho devido aos seus inúmeros pêlos brancos, mas na verdade tem pouco mais de 1 ano. Se dúvidas houvesse, o seu comportamento denunciava-o: é dono de um temperamento muito mimalho e dependente dos humanos, pede constantemente atenção, é muito comunicativo e tem uma particularidade: faz massinha em todo lado...até no ar!

Se acreditar que lhe pode dar uma vida cheia de mimo, conforto e cuidados que ele merece, contacte: geral@causasdecaudas.org.

Atualização 12/11/2018

Os bons triunfaram mais uma vez! O pequeno Petit (passe a redundância) foi adotado novamente.

Obrigada Elsa e Pedro Oliveira, acreditamos que desta é de vez.

Sê feliz Petit-Gateau de chocolate.

Petit-Gâteau